Conheça Truques Que Ajudam A Aumentar Quitinetes E Imóv

21 May 2019 01:24
Tags

Back to list of posts

<h1> 15 Destinos De Luxo Para Conhecer No Brasil , No Centro, Ser&aacute; Revitalizado E Ter&aacute; Reprises De Cl&aacute;ssicos</h1>

<p>Fechado desde 2005 e tombado integralmente, quatro anos depois, pelo Conselho Municipal de Preserva&ccedil;&atilde;o do Patrim&ocirc;nio Hist&oacute;rico (Conpresp), o Cine Ipiranga est&aacute; prestes a ter um conclus&atilde;o feliz. “O projeto est&aacute; a todo o vapor, e o propriet&aacute;rio do im&oacute;vel, a imobili&aacute;ria Savoy, est&aacute; sendo parceiro pela negocia&ccedil;&atilde;o”, diz Facundo Luta, sem destacar o valor do aluguel.</p>

<p>Como o Ipiranga &eacute; um patrim&ocirc;nio tombado, sua reforma ser&aacute; cuidadosamente supervisionada e aprovada pelo Conpresp e pelo Departamento de Patrim&ocirc;nio Hist&oacute;rico (DPH), do mesmo jeito que aconteceu com o Cine Marab&aacute;. “Temos de seguir &agrave; risca os pedidos. Da mesma forma procedeu na sele&ccedil;&atilde;o do longa-metragem mostrado na abertura, a curadoria do Omelete pretende se distanciar da programa&ccedil;&atilde;o dos complexos de shoppings. “N&atilde;o queremos competir com as grandes redes. Teremos reprises de cl&aacute;ssicos e maratonas, como de Star Wars e Jogo of Thrones. O centro tem de movimenta&ccedil;&atilde;o, e o Ipiranga n&atilde;o ficar&aacute; restrito &agrave; exposi&ccedil;&atilde;o de v&iacute;deos.</p>

<p>Ser&aacute; um ponto de encontro da cultura pop”, revela Marcelo Forlani, do grupo Omelete. Quanto aos cines Art Pal&aacute;cio e Marrocos, a situa&ccedil;&atilde;o &eacute; mais complicada e a resolu&ccedil;&atilde;o, mais demorada. Aberto em 1936 (como UFA-Palace), assim como com projeto de Rino Levi, o cinema da Rodovia S&atilde;o Jo&atilde;o foi por anos palco das pr&eacute;-estreias das com&eacute;dias de Am&aacute;cio Mazzaropi, sempre marcadas para vinte e cinco de janeiro (anivers&aacute;rio de S&atilde;o Paulo). Funcionou at&eacute; 2012, exibindo produ&ccedil;&otilde;es pornogr&aacute;ficas.</p>

<p>Foi, logo, comprado na prefeitura por 4 milh&otilde;es de reais — valor que, atualizado pelo &Iacute;ndice de Pre&ccedil;os ao Comprador Imenso (IPCA), ficaria hoje cerca de 5,oito milh&otilde;es de reais. O intuito do secret&aacute;rio municipal da Cultura &agrave; data, Carlos Augusto Calil (2005- 2012), era reavivar a Cinel&acirc;ndia no projeto chamado Pra&ccedil;a das Artes.</p>

p10102061.jpg

<ol>
<li>Solo Milonga Aborrecido com Luis Arrieta</li>
<li>Antequera, Espanha: o Stonehenge dos espanh&oacute;is</li>
<li>Tudo integrado e bem marcado</li>
<li>4/trinta e nove (Jakub Krechowicz / SXC)</li>
<li>vinte e sete Set, 2009</li>
<li>6/nove Integra&ccedil;&atilde;o, novos usos de espa&ccedil;o e um visual bem mais agrad&aacute;vel (Luis Gomes)</li>
</ol>

<p>Al&eacute;m de comprar o Art Pal&aacute;cio, a prefeitura comprou o Marrocos. “Eu queria ter transformado o Art Pal&aacute;cio numa casa de espet&aacute;culos, com &oacute;peras e teatro de revista. E, pro Marrocos, planejava que fosse a sede da Mostra Internacional de Cinema, com sess&otilde;es di&aacute;rias”, relembra Calil. Tudo em ir&atilde;o. “A gest&atilde;o do prefeito Fernando Haddad, a come&ccedil;ar por 2013, interrompeu e abandonou a revitaliza&ccedil;&atilde;o”, critica.</p>

<p>O estado atual do Art Pal&aacute;cio &eacute; deplor&aacute;vel. Poucas cadeiras de madeira ainda restaram num canto da amplo sala. Nas paredes internas, h&aacute; grafites e picha&ccedil;&otilde;es, feitas por invasores. Quem Argumentou Que No Rio N&atilde;o Tem Pizza Boa? , pela Conselheiro Crispiniano, tem um hist&oacute;rico de altos e baixos no decorrer do tempo. Inaugurado em 1951, foi considerado “o melhor e o mais luxuoso da Am&eacute;rica do Sul”.</p>

<p>Possu&iacute;a dados mouriscos na decora&ccedil;&atilde;o, escadaria de m&aacute;rmore e uma refer&ecirc;ncia luminosa no meio do imponente sagu&atilde;o. “O sonho de todo interiorano era ver o Marrocos. O cinem&atilde;o fechou as portas em 1992, de imediato pela fase de decad&ecirc;ncia das grandes salas do centro. Em 2010, as poltronas foram retiradas pra celebra&ccedil;&atilde;o de lan&ccedil;amento da novela Tempos Modernos, da Rede Globo. 2 anos depois, a prefeitura comprou o cinema da imobili&aacute;ria Savoy, todavia a transa&ccedil;&atilde;o est&aacute; pendente.</p>

<p>A sala &eacute; anexa a um edif&iacute;cio de 12 andares, e ambos pertencem &agrave; Secretaria de Educa&ccedil;&atilde;o. A a&ccedil;&atilde;o de desapropria&ccedil;&atilde;o continua em andamento, contudo a prefeitura de S&atilde;o Paulo agora tem a posse do im&oacute;vel desde 2012. Deste modo, n&atilde;o h&aacute; um valor pago at&eacute; o presente momento porque o recurso ainda n&atilde;o foi conclu&iacute;do. O Que O S&iacute;ndico Tem que Fazer? , a Savoy n&atilde;o se manifestou sobre a venda.</p>

<p>Desocupados, o pr&eacute;dio e o cinema foram invadidos, em 2013, pelo Movimento Sem-Teto de S&atilde;o Paulo (MSTS). 40 Decora&ccedil;&atilde;o De Quarto Feminino Acess&iacute;vel E Barato reintegra&ccedil;&atilde;o de posse, pedida na prefeitura, ocorreu em 2016 e por volta de 120 fam&iacute;lias foram retiradas de l&aacute;. Mesmo que, desde 2012, nada tenha sido feito com os 2 cinemas, as propostas de Andr&eacute; Sturm s&atilde;o animadoras.</p>

<p>O secret&aacute;rio &eacute; taxativo: n&atilde;o acredita pela volta da Cinel&acirc;ndia, e sim na revitaliza&ccedil;&atilde;o do centro. Sobre o Marrocos, Sturm n&atilde;o o quer mais como um cinema normal, com sess&otilde;es de segunda a segunda. “Ningu&eacute;m vai sair da Estrada Paulista para ver de perto no Marrocos o filme que obteve a Palma de Ouro no Festival de Cannes. Contudo, para eventos grandiosos, com estacionamento ao lado, tapete vermelho e a rodovia fechada, tenho certeza de que as pessoas iriam l&aacute;”, diz. Entre as principais atra&ccedil;&otilde;es culturais paulistanas, cita a abertura da Mostra Internacional de Cinema e a do &Eacute; Tudo Verdade.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License